SEJAM BEM VINDOS

AGRADECEMOS A VISITA!!!!

"Escola é...o lugar onde se faz amigos. Não se trata só de prédios, salas, quadros, programas, horários, conceitos...Escola é, sobretudo, gente,gente que trabalha, que estuda,que se alegra, se conhece, se estima. O diretor é gente, O coordenador é gente, o professor é gente, o aluno é gente, cada funcionário é gente. E a escola será cada vez melhor na medida em que cada um se comporte como colega, amigo, irmão. Nada de ‘ilha cercada de gente por todos os lados’. Nada de conviver com as pessoas e depois descobrir que não tem amizade a ninguém. Nada de ser como o tijolo que forma a parede, indiferente, frio, só. Importante na escola não é só estudar, não é só trabalhar, é também criar laços de amizade, é criar ambiente de camaradagem, é conviver, é se ‘amarrar nela’! Ora , é lógico...numa escola assim vai ser fácil estudar, trabalhar, crescer, fazer amigos, educar-se, ser feliz."
(“A Escola”, poema de Paulo Freire
)

quinta-feira, 16 de abril de 2009

SITIO DO PICAPAU AMARELO DIA DO LIVRO




SÍTIO DO PICAPAU AMARELO
Os principais personagens da Turma do Sítio do Picapau Amarelo, São: Dona Benta, Pedrinho e Narizinho, Emília, Tia Nastácia, Visconde de Sabugosa, Tio Barnabé, Cuca, Saci, lobisomem, Mula sem Cabeça, Boitatá, Anjinho, Besouro, Doutor Caramujo, Rabicó, Quindim, Curupira, Conselheiro e o Príncipe Escamado.


Além desses personagens principais, muitos outros personagens de histórias conhecidas, como: Peter Pan, Dom quixote, Minotauros e outros personagens da mitologia grega se misturam com lendas e mitos brasileiros, proporcionando aventuras magníficas que enriquecem culturalmente a todos.


Todos esses personagens fazem parte do 'mundo do faz de conta' da coleção de livros do Sítio do Picapau Amarelo, obra literária de Monteiro Lobato, o pioneiro da literatura infanto-juvenil no Brasil. Dona Benta Encerrabodes de Oliveira, nome da vó de Pedrinho e Narizinho, dona do Sítio do Picapau Amarelo. Dona Benta é uma expert em geografia, adora contar história para seus netos, que com muita atenção e imaginação ouvem maravilhados.


Narizinho é o apelido carinhoso de Lúcia, neta de Dona Benta. O motivo do apelido foi seu nariz arrebitado. Narizinho ao contrário de Pedrinho, seu primo, morava com Dona Benta no sítio. Já Pedrinho só aparecia no sítio nas férias, dia que Emília contava nos dedos para que chegasse logo, pois a presença de Pedrinho é sinônimo de muitas aventuras.


Pedrinho, o Neto querido de Dona Benta e o primo querido de Narizinho. Menino educado na cidade tem um grande coração. Destemido, Pedrinho adora passar as férias no sítio, onde vive grandes aventuras na terra do faz de conta, embaladas pelas histórias contadas por Dona Benta, que são sempre regadas com os quitutes de Tia Nastácia.Tia NastáciaTrabalha no sítio da Dona Benta e ajuda a criar Pedrinho e Narizinho, foi também a criadora da irreverente e tagarela boneca Emília.


Tia Nastácia é uma espécie de faz de tudo, quituteira de mão cheia, seus bolinhos e rosquinhas de polvilhos são delícias saboreadas pela família e amigos. Além de cuidar dos afazeres domésticos, também era é uma excelente contadora de 'causos'.


Emília: a boneca de pano, traquina e irreverente, criada por Tia Anastácia, tem os olhos de retróis preto e sombrancelhas levantadas. Foi Doutor Caramujo que inventou a pílula da fala fazendo com que a boneca virasse uma matraca. Metida a filósofa, Emília acreditava que "A verdade é uma espécie de mentira bem pregada das que ninguém desconfia".


Tio Barnabé é um caboclo da roça que mora em uma das propriedades do sítio e ajuda Dona Benta cuidando das mais variadas tarefas. Tio Barnabé tem uma grande afeição por Pedrinho, adora um cachimbo e é um sábio no que diz respeito aos segredos da floresta, do folclore e as superstições, tanto que foi ele quem ensinou Pedrinho a prender o Saci na garrafa.


Visconde de Sabugosa


Um boneco feito de sabugo de milho, com cartola na cabeça e um sinal de coroa na testa. O verdadeiro sábio do sítio que de tanto estudar, um dia, quase morreu empanturrado de álgebra. Seu passatempo é ensinar geografia e geologia para a turminha do sítio. Foi o Visconde que ajudou a descobrir petróleo nas terras do sítio.


Cuca, uma bruxa velha com cara de jacaré e garras nos dedos. Cuca mora em uma caverna e adora fazer magias e encantos. Essa bruxa nunca dorme, ou melhor, dorme uma noite a cada sete anos e quando fica brava, urra de raiva e seus gritos são ouvidos a distância.


Saci é um negrinho de uma perna só, muito peralta que apronta todas as travessuras possíveis no sítio, desde assustar animais no pasto, até assombrar Tia Nastácia.


Um dia Pedrinho, orientado por um caboclo, aprendeu que com uma peneira e uma garrafa consegueria prender o Saci, e assim o fez. Com o passar do tempo Pedrinho ficou amigo do Saci, que lhe ensina muitos segredos da floresta, e o solta. Grandes aventuras são vividas no sítio por conta dessa amizade.


Lobsomem é um homem que se tranforma em lobo, normalmente em dia de lua cheia. Segundo a lenda, a mulher que tem sete filhos machos, o sétimo vira lobisomem. Esse ser gosta de comer titica de galinha, cachorros e crianças. Diz a lenda que, se alguém corta-lhe uma perna, ele vira homem, porém, perneta.


A Mula sem Cabeça é um duende sinistro, figura lendária que assusta os arredores do sítio quando aparece e solta fogo pela boca.


O Boitatá é outra figura do folclore brasileiro, um ser medonho, que povoa o Sítio de Dona Benta, segundo a imaginação das crianças. Na língua dos Índios, boitatá significa cobra grande de grandes olhos de fogo, ela só enxerga a noite quando sai da toca para passear na mata e se alimentar de carniça de animais mortos.


CurupirA: O anjinho. Após quebrar sua asa, aparece no Sítio e desde de então ficou sob os cuidados dos moradores e acabou ficando por lá. Esse anjinho foi motivo de muita confusão, pois todos querem ver de perto o fenomenal anjo que passou habitar o Sítio do Picapau Amarelo.


O Besouro, um personagem inventado pela criançada é um ser cascudo e inteligente, especialista em cavar buraco, um doutor no que se refere a terra.


Doutor Caramujo é um Caracol sábio, entende tudo sobre doenças e sua cura. Criador das famosas pílulas milagrosas, é sempre requisitado para solucionar e curar doentes na terra do faz de conta. Foi esse gênio da ciência que com suas pílulas milagrosas deu fala à Boneca Emília. Doutor Caramujo é requisitado para curar bichos, gente pobre e até mesmo seres do Reino Encantado, como foi o caso do Príncipe Escamado.


O Porquinho Rabicó, criado no sítio desde de pequeno, foi salvo pelo amor de narizinho que impediu que o comilão porquinho fosse para o forno. Mais tarde esse porquinho vira Marquês e passa a participar das aventuras da turma.


O Príncipe Escamado, personagem do mundo mítico do Reino das Águas Claras. Aparece nas histórias, normalmente em carruagem puxada por Cavalos Marinhos e acompanhado de um exército de peixes espadas. Foi noivo de Narizinho e por isso toda a turma do sítio pode conhecer o fundo do mar.


Quindim é um rinoceronte craque na gramática. Ele pertencia a um Circo de cavalinhos do Rio de Janeiro e sem muita explicação apareceu no sítio de Dona Benta, onde Emília o descobriu na mata. Depois de muito tempo assustando as pessoas e sob a proteção da boneca traquina, Quindim logo se amansou e se enturmou com a turma do sítio.


O Conselheiro é um burro falante, educado e culto, trazido do 'país das fábulas' pelas crianças do Sítio. Seu nome foi dado por Emília e ele é muito querido por todos do Sítio.


Os livros infantis de Lobato foram transformados em séries de televisão chamada "Sítio do Picapau Amarelo", onde a GLOBO mistura histórias originais de Monteiro lobato com textos inspirados em temas atuais. Veja alguns momentos desse clássico brasileiro de M. Lobato, vividos na TV.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

DEIXE SEU RECADO!!

visitas online